apresentam

PRÉ-ESTRÉIA DOS CURTAS DO 3o.TRIMESTRE 2022

Segunda, 21 de Novembro às 20:00

Encontro Online ao Vivo com os realizadores, instrutores e mediado por Affonso Beato, ASC, ABC

Sessão gratuita

realização

O CINECLUBE CASAS CASADAS é  uma união de esforços de várias pessoas e organizações que existem em torno de um sentimento em comum:

O AMOR PELO CINEMA

O CINECLUBE CASAS CASADAS é constituido de Sessões Diversas e Inclusivas, apresentando:

– Sessão ABCCC dedicada à apresentação do Cinema Estudantil Brasileiro, com projeção e discussão com os autores Online ao Vivo.

– Sessão RIOFILME apresentando e discutindo os títulos de suas Co-Produções.

– Sessão CINECLUBE CAVÍDEO dedicada ao Cinema Brasileiro Hístórico.

– Sessão ELAS POR ELAS dedicado a discussão de filmes de mulheres, organizado por Silvia Gangemi, ABC, DAFB e Bia Marques, DAFB.

– Sessão ABC  apresentando trabalhos e realizadores de nossa Cinematografia.

Os Encontros do CINECLUBE CASAS CASADAS são totalamente GRATUITOS e acontecem às Segunda-Feiras às 20:00

As Sessões são programadas e divulgadas por todos esses grupos de forma conjunta e transmitidas Online ao Vivo por nossa plataforma TEAMS.

mediadores

Close Brasília

Silvio Da-Rin

Diretor Cinematográfico

 

Realizou mais de vinte filmes e vídeos, vários deles premiados em festivais brasileiros e internacionais, como os longas metragens Igreja da libertação, Hércules 56, Paralelo 10, Missão 115 e Mamirauá; o média metragem Nossa América; os curtas Príncipe do fogo e Fênix; e os programas para televisão Brasil anos 60 e Brasil anos 80, exibidos pela TVE. Gravou o som de mais de 150 filmes. Ministrou diversos cursos e oficinas nas áreas de som para cinema e documentário. Em 2004, publicou o livro Espelho partido: tradição e transformação do documentário, versão revista de sua dissertação de mestrado em Comunicação e Teoria da Cultura, na UFRJ. Entre outubro de 2007 e maio de 2010 foi Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura. Em seguida, e até março de 2012, exerceu o cargo de Gerente Executivo de Articulação Internacional e Licenciamento da EBC/TV Brasil.

Hernani Heffner, ABC

Pesquisador e atual Gerente da Cinemateca do MAM

Graduado em Comunicação Social/Cinema pela UFF.

Começou a carreira profissional na Cinédia em 1986, onde trabalhou com levantamento de fontes e dados e coordenou a restauração de filmes como “Ébrio”, “Alô! Alô! Carnaval!” e “Bonequinha de Seda”. Ingressou na Cinemateca do MAM-RJ em 1983 como voluntário, virando funcionário em 1996, passando pela Curadoria de Documentação e Pesquisa e assumindo em 1999 o cargo de Conservador-Chefe. No ano seguinte passa também a lecionar em diversas universidades e cursos livres como a UFF, Fundação Getúlio Vargas, Fundação de Artes do Paraná, Usina João Donato, Vila das Artes e Puc-Rio, onde está licenciado. Atuou como pesquisador audiovisual em filmes como “Vala Comum” e “O Contestado – Restos mortais”. É autor da pesquisa e do roteiro do vídeo “A lógica do Silêncio”, sobre a atuação da censura durante a ditadura civil-militar. Escreveu mais de 100 verbetes para a Enciclopédia do Cinema Brasileiro, assim como dezenas de artigos e textos para catálogos, revistas e livros. Foi Curador do Festival Cine Música, de 2007 a 2014, e da temática preservação da Mostra de Cinema Ouro Preto – CineOP, de 2012 a 2016, assim como de inúmeras mostras para instituições como o CCBB, Caixa Cultural e Fundação Clóvis Salgado. Assinou a curadoria das exposições “4 x 3: A Arte do Cartaz de Cinema”, “Esboço de Cinema – A Arte do Storyboard”, “Galáxias do Cinema: máquinas, engrenagens, movimentos ou this strange little thing called love”, “O cérebro (e a caminhada) de Guido Anselmi” e “Rostos Fellinianos”, todas para o MAMRio.

Caví Borges - Diretor Cinematográfico

Caví Borges

Diretor e Produtor Cinematográfico

Fundador da Cavideo locadora, referencia dos cinéfilos cariocas que depois se tornou tambem produtora e distribuidora.

Como diretor já realizou 15 longas, 52 curtas, 5 webséries e 7 séries de tv ganhando 178 premios em festivais nacionais e internacionais.

Como produtor  já realizou 72 longas, 154 curtas, 9 webséries, 12 séries de TV e varios clipes, videodanças e videoartes.

Seu longa CIDADE DE DEUS 10 ANOS DEPOIS foi exibido em mais de 60 festivais internacionais e hoje se encontra disponivel na NETFLIX em 130 países.

Affonso Beato, ASC, ABC - Direção de Fotografia

Affonso Beato, ASC, ABC

Diretor de Fotografia

Pertence à AMPAS – Academy of Motion Picture Arts and Sciences ( Oscars ), à ASC – American Society of Cinematographers, à ABC – Associação Brasileira de Cinematografia, a qual foi Fundador e Presidente e nos ultimos 10 anos vem lecionando Cinematografia no Art Center College of Design in Pasadena, CA onde é Professor Adjunto, reconhecido por Honoris Causa.

Em 2018 foi considerado pela Revista Variety como um dos 10 melhores Instrutores de Cinema dos EUA.

 

Como Diretor de Fotografia,  trabalhou com Diretores aclamados e premiados internacionalmente como: Pedro Almodovar – TUDO SOBRE MINHA MÃE Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, Stephen Frears – A RAINHA , Mike Newell, AMOR EM TEMPO DE CÓLERA , Walter Salles Jr. – AGUA NEGRA, Carlos Diegues – DEUS É BRASILEIRO  e Glauber Rocha – O DRAGÃO DA MALDADE CONTRA O SANTO GUERREIRO, entre outros 50 longa metragens.

Foi Diretor de Assusntos Culturais da extinta EMBRAFILME. Primeiro Presidente da extinta Fundação do Cinema Brasileiro.

Marialava Monteiro

Pesquisadora e Educadora

Nasceu em Salvador, BA. É graduada em Filosofia pela PUC-RJ e tem Mestrado em Filosofia da Educação pela Fundação Getúlio Vargas/RJ
É fundadora do CINEDUC – Cinema e Educação, entidade que trabalha há 50 anos com o uso da linguagem audiovisual no processo educativo.
Coordenou durante 8 anos o projeto Sessão Criança no Centro Cultural Banco do Brasil –CCBB/RJ e fez a Curadoria da Mostra Geração do Festival do Rio desde 1999 até 2008.
Escreveu o livro Cinema: uma janela mágica em colaboração com Bete Bullara, sobre linguagem cinematográfica destinado aos jovens leitores. Coordenou a realização do vídeo didático Cinema para Todos (50 min) sobre a linguagem cinematográfica e o programa Olho Mágico, veiculado pela TV Educativa, uma série com 15 programas. Para o TV Escola escreveu o argumento e acompanhou a produção da série A Trama do Olhar, para tele-educadores.
Fez a curadoria desde 2011 da Mostrinha de Cinema Infantil em Vitória da Conquista, BA, organizada pela UESB – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia até 2017.
Atua como jurada e faz a seleção dos curtas metragens do FECIBA- Festival de Cinema Baiano em Ilhéus, BA desde 2012/2020.
Participou como jurada em vários festivais infanto-juvenis na América Latina e Europa sendo o último em agosto/2014 no Festival Ojo de Pescado em Valparaíso, Chile
Faz parte da rede UNIAL – Universo Audiovisual del Niño Latinoamericano que existe há 27 anos e se reúne durante o Festival del Nuovo Cine Latino Americano em Havana, Cuba.
Fez a curadoria do Festivalzinho do 54º Festival de Brasília, 2021

Documento histórico

Reunião do Grupo de Estudos Cinematgráficos da UME – União Metroploitana dos Estudantes  Abril 1961

Identificados(as) ao fundo da esquerda para direita: Alberto Graça (não o cineasta), Marialva Paranhos (hoje Monteiro), Cosme Alves Neto, Silvando Cardoso, Celso Amorim(hoje Ministro), Paulo Emílio Salles Gomes, Affonso Beato, o de costas não foi identificado.

Documento preservado por Marialva Monteiro