O FUTURO DO AUDIOVISUAL BRASILEIRO

Com o acelerado avanço da Arte e da Ciência e o surgimento de novas tecnologias, as mídias audiovisuais vivem um momento de grandes transformações.
A cada dia surgem novas ferramentas e técnicas que permitem a criação de conteúdos cada vez mais inovadores e impactantes.

Neste evento, vamos abordar algumas das principais tendências em mídias audiovisuais para o futuro. Fique atento às novidades e descubra como elas podem impactar positivamente suas iniciativas.

Com a popularização dos serviços de streaming, a maneira como o público consome mídia audiovisual está mudando. Antes, as pessoas assistiam a filmes em salas de cinema e séries na televisão. Hoje, elas podem assistir a tudo isso na internet, em seus laptops, tablets ou smartphones.

Isso tem consequências para a indústria da mídia audiovisual. Os produtores estão cada vez mais focados em produzir séries, já que é nesse formato que as pessoas estão consumindo mais conteúdo. Além disso, as plataformas de streaming investem cada vez mais em produções originais, já que é isso que atrai os assinantes.

A Televisão aberta vai se setorizando na distribuição por cabo e internet. No campo da produção, existe uma convergência onde a Televisão busca se tornar mais Cinema e o Cinema busca a Televisão para se exibir.

A Tecnologia Audiovisual passa há uma década do Analógico para o Digital, criando a Realidade Virtual Mista – XR e a Captação Plenóptica.
O momento é claramente de análise de onde viemos e de reflexão para onde iremos.

O futuro do audiovisual brasileiro parece estar cada vez mais ligado à criação de conteúdo artístico inovador, que seja capaz de atrair o público para além das fronteiras nacionais.
A Tecnologia é um importante aliado nesse processo, pois permite a criação de efeitos visuais e sonoros cada vez mais sofisticados.

Essa necessidade se aplica aos presentes gestores culturais e científicos e aos educadores das próximas gerações e é uma catalisadora dos interesses da sociedade.      

Para tanto, estamos planejando este evento.

Versão 24.10.22

Formato

Encontro de Alto nível de profissionais da Arte e Ciência Brasileira, nas areas da Filosofia, Criação e Tecnologia do Audiovisual Brasileiro.
O evento se constituirá de Paineis de Discussão, Master Classes e Demonstrações de Processos e um Convidado Internacional.

Curadores

Catedrático Antonio Cícero, ABL

Catedrático Carlos Diegues, ABL

Dra. Renata Almeida Magalhães

Prof. Luiz Velho, Phd – VISGRAF – IMPA

Prof. Affonso Beato, ASC, ,ABC

Áreas de Interesse

CRIAÇÃO

PRODUÇÃO

EXIBIÇÃO

Eventos

CRIAÇÃO – Quinta – Feira – dia

– A Visão do Futuro

convidado internacional – Prof. Jeff Cole – diretor do Centro do Futuro Digital da USC – University of South California
e Prof. Luiz Velho, Phd. – VISGRAF / IMPA

– Filosofia da Arte – Catedrático Antonio Cícero, ABL Prof. João Moreira Salles

História e Futuro da Arte Moderna – Catedrático Antonio Cícero, ABL, Prof. Paulo Sergio Duarte, Prof.Paulo Venancio Filho

– Inovação na MídiaHermano Viana / Alê Yousef / Ronaldo Lemos

– A Matematica da VisualizaçãoProf. Luiz Velho, Phd. –
VISGRAF / IMPA, Bruno Feijó Dep. Informática da PUC e Guido Lemos, da Universidade Federal da Paraíba.
Ciência de Dados;Cinema no Metaverso

– Novas Narrativas Temáticas para o Audiovisual – diretor Andrucha Waddington, Renato Meirelles da Instituto Locomotiva, Fábio Lima da Sofá Digital
e Daniel Barcelos da Gety Image

 – Demonstração ImersivaTHE TEMPEST – VISGRAPH / IMPA

PRODUÇÃO – Sexta – Feira – dia

– NFTs – Prof. Alvaro Machado Dias da UNIFESP

-Tendências do Mercado Internacional – Novos Modelos de Negócio -Estratégias Inovadoras para Realizadores e Empresas Produtoras

-Novas Tecnologias de Produção – David Stump, ASC

-Exigências Profissionais no Relacionamento com os Streamings – Andréia Barata da O2

– Integração das Comunidades Globais de Produção, Distribuição e Crítica Cinematográfica

EXIBIÇÃO – Sabado – dia

–Direito Autoral e Pirataria – Andressa Pappas – da MPA – Dra. Silvia Dadelman – Dra. Fernanda Freitas

–Análise de Dados e Programacão nas Salas de Cinema – Marco Mezzena – Veloxtickets

– O Papel do Estado Brasileiro na Mídia Audiovisual – Atual Ministro(a) da Cultura, Eduardo Figeira, RioFilmes, catedrático Carlos Diegues,  produtor Luiz Carlos Barreto, ABC, produtor Leo Edde SICAV

 – Formação e QualificaçãoProf. João Luiz Vieira – UFF, Daniela
Pfeiffer – CTAV , Affonso Beatp, ASC, ABC, LATC – Steve Slot,  produtor Léo Monteiro de Barros

Realização

Parceiros