DIREÇÃO DE ARTE E CENOGRAFIA NO CINEMA

por Marcos Flaksman, ABC e Beatriz Peregrino

Os Diretores de Arte têm uma tarefa muito importante na criação do Cinema, Televisão e outras telas: trabalhando diretamente com o Diretor, Produtor, e em colaboração com o Diretor de Fotografia, eles têm de definir os cenários, a atmosfera e o estilo para contar visualmente a estória.

A demanda é variada: pode ser o nosso tempo em cenários reais recriados e pode ser especial também, projetos históricos (ou de época), futurísticos, imaginários ou mesmo inacessíveis, cenários que devem ser criados (em estúdio) ou locações existentes transformadas.

O Diretor de Arte é sempre o responsável pela coordenação na criação de todos os aspectos visuais de um projeto diante da câmera.

Quando dizemos Direção de Arte estamos falando de: Pesquisadores de imagens e textos, cenógrafos, cenotécnicos, decoradores, produtores de objetos, desenhistas gráficos, pintores de arte, contrarregras, escultores, aderecistas, construtores de “storyboards” e também figurinistas, costureiros, garimpeiros de acervos, chapeleiros, maquiadores, caracterizadores, visagistas, cabelereiros, peruqueiros, etc.

CONTEÚDO DO CURSO

 DIREÇÃO DE ARTE E CENOGRAFIA NO CINEMAMarcos Flaksman,ABCh
1O que é Direção de ArteBeatriz Peregrino2
 Gênesis (a origem de tudo): no Teatro  
 A evolução do espaço cênico no Teatro  
 Uma breve história do edifício teatral e sua relação com a sociedade e a dramaturgia de cada época.  
    
2O Olhar no Teatro 2
 Visão em permanente plano geral  
 A luz medida pelo olho  
 A presença do ator  
 O corte pela luz  
 Evolução da cenografia: a perspectiva, a mecânica cênica, os efeitos especiais, a execução cenográfica.  
 A pintura como referência.  
    
3Direção de Arte no Cinema 1 2
 O olho através da lente  
 A imagem ótica projetada  
 O que precisamos saber de fotografia?  
 O plano geral, o plano médio, o “close”.  
 Os formatos dos quadros  
 A ampliação na projeção  
    
4Direção de Arte no Cinema 2 2
 O plano de filmagem  
 O trabalho fragmentado do ator  
 Os cortes na edição/ montagem  
 Pós-produção, marcação de luz e cores, efeitos  
 As imagens aplicadas  
    
5A Imagem na TV e outras Mídias Digitais 2
 A imagem luminosa e reduzida  
 O formato do quadro  
 A produção descartável e/ou ao vivo  
 O jornalismo, a novela, o seriado, o show, o “clip”  
 As ilhas de edição, pós-produção e efeitos  
    
6A Prática no Cinema 2
 A direção de arte e a cenografia a serviço da dramaturgia /autoria (direção/direção de fotografia e d.a.) / Leitura do roteiro.  
 A atmosfera cênica.  
    
7A Equipe de Direção de Arte no Cinema e suas funções 2
 Equipe de Direção de Arte no cinema e suas funções:  
 (pesquisadores, cenógrafos, desenhistas, produtores de objetos, designers gráficos, contrarregras, etc.)  
    
8O Uso das pranchas de referência 2
 As pranchas de referência (imagens, fotos, pinturas, desenhos, filmes)  
 A interdependência c/ direção, luz, figurinos, visagismo / maquilagem e atores – a concepção da obra.  
    
9O Projeto de Direção de Arte 2
 As paletas de cores  
 O desenho da produção / a preparação: locações, diurnas e noturnas, as transformações dos interiores  
 e exteriores em locação, “links”, os desenhos para estúdio  
 Os “storyboards”  
    
10O Projeto Cenográfico 2
 O projeto cenográfico  
    
11A Execução do Projeto Cenográfico 2
 A execução do projeto cenográfico / construção / montagem (B)  
 Equipe de execução cenotécnica e materiais utilizados.  
    
12Os Limites indefnidos da Direção de Arte no Cinema 2
 A integração das funções e a quebra das fronteiras.  
 As trocas com o primeiro Assistente de Direção.  
  horas do curso24
Marcos Flaksman, ABC

Marcos Flaksman, ABC

Diretor de Arte

Premiado cenógrafo de teatro no Brasil, tem também ampla carreira em cinema. Carioca nascido em 1944, formado em arquitetura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, trabalhou em montagens teatrais que se tornaram marcos desde os anos 60, como RASGA CORAÇÃO, escrita por Oduvaldo Viana Filho, Equus. Ensina-me a viver, Dois perdidos numa noite suja.

Começou em cinema em GAROTA DE IPANEMA(1967), de Leon Hirszman, e trabalhou ainda em BRASIL ANO 2000 (1968), de Walter Lima Jr., OS SETE GATINHOS (1977), de Neville D´Almeida. Durante os anos 1980, trabalhou em diversas produções estrangeiras, como FEITIÇO DO RIO Blame it on Rio (1984), de Stanley Donen, A FLORESTA DAS ESMERALDAS (1985), de John Boorman, e LUAR SOBRE PARADOR (1988), de Paul Mazursky.

Hoje, tem mais de 40 longa-metragens realizados, bem como aproximadamente uma centena de cenários realizados para ópera , shows e teatro, aqui no Brasil e no exterior. Recebeu vários prêmios também no cinema.

FORMATO

Online ao Vivo –  12 sessões de 2 horas – 24h

Horário  Terças e Quintas das 18:00h às 20:00h

Número máximo de participantes : 20

Início : 3 de Novembro de 2020

INVESTIMENTO

À Vista:  R$ 720,00

Parcelado:  3 x R$ 240,00

Teams2

Plataforma Microsoft Teams Educacional

Nossos Cursos Online Ao Vivo são realizados na plataforma Microsoft TEAMS Educacional totalmente gratuita, que combina videoconferências e organiza arquivos e outros recursos como numa sala de aula.
O Microsoft TEAMS Educacional é hoje usado em cerca 138mil instituições de ensino no mundo e seu uso aumentou em 894% de janeiro para junho de 2020.
Ao se matricular você receberá instruções para o download e login e senha para seu uso. Nosso suporte técnico estará disponível para você desde a instalação do Microsoft TEAMS até sua entrada em seu curso escolhido.